Notícias

Prefeitura promove capacitação do Prontuário Eletrônico para profissionais da Saúde

A Prefeitura Municipal de Bonito de Santa Fé realizou na manhã desta terça-feira, (23), através da Coordenação de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, a capacitação dos profissionais de Saúde para um melhor atendimento ao usar o Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC). A ferramenta, uma plataforma digital criada pelo Ministério da Saúde, possibilita o acompanhamento de todo o histórico do paciente e de como são investidas as verbas do SUS.

A capacitação, realizada na Câmara Municipal, ministrada pela Enfermeira Érica Emengarda, reuniu os profissionais: Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, Dentistas, auxiliares de Consultório Dentário, equipe do NASF e Recepcionistas das UBS’s.
De acordo com a Enfermeira Érica Emengarda, o Prontuário Eletrônico do Cidadão melhora a qualidade do atendimento médico no município. “O PEC permite que os profissionais consultem o histórico do paciente, com informações de diagnósticos, atendimentos, exames e medicações passadas, além de aprimorar e automatizar o processo de envio de informações da Atenção Básica para o Ministério da Saúde”, relatou.

Para o Prefeito Chico Pereira, o PEC é um avanço no município, “O PEC é um grande avanço para a Atenção Básica do nosso município, pois através desse prontuário eletrônico, o município tem qualidade da informação, sendo possível, de forma mais eficaz, fazer gestão da saúde”, ressaltou.

IMG-20190724-WA0019

O PEC - Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) do Sistema e-SUS Atenção Básica é um software onde todas as informações clínicas e administrativas do paciente ficam armazenadas, no contexto da Unidade Básica de Saúde (UBS). Assim, o objetivo é informatizar o fluxo de atendimento do cidadão realizado pelos profissionais de saúde.

De acordo com o Ministério de Saúde, entre os benefícios do sistema estão o acesso rápido às informações de saúde e intervenções realizadas; melhoria na efetividade do cuidado e possível redução de custos com otimização dos recursos, além de aprimorar e automatizar o processo de envio de informações para o Ministério da Saúde, impactando na qualificação dos sistemas de informações.
« Voltar