Mostrando itens por marcador: COVID19

DECRETO Nº. 040/2022, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2022.
 

O PREFEITO MUNICIPAL DE BONITO DE SANTA FÉ, Estado da Paraíba, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, decreta:

CONSIDERANDO que compete ao Município a manutenção de situação de normalidade futura e de preservar o bem-estar da população e, nesse sentido, adotar as medidas que se fizerem necessárias;

CONSIDERANDO o Decreto Estadual nº 43.080/2022, de 18 de novembro de 2022, que dispõe sobre a adoção de novas medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo Novo Coronavírus (COVID-19), tornando o uso de máscara facial obrigatório em ambientes fechados nas repartições publicas estaduais, devido o aumento do número de casos da doença no Estado da Paraíba;

CONSIDERANDO ser dever municipal a garantia de políticas públicas de saúde que importem em prevenção e redução de riscos de doenças e agravamentos, nos moldes do art. 196 da Constituição Federal;

CONSIDERANDO que estudos apontam maior eficácia na diminuição de casos de transmissão do COVID-19 quando existem medidas de distanciamento social e prevenção.

DECRETA:

Art. 1º. A partir de 25 de novembro de 2022, o uso de máscaras de proteção facial passará a ser de uso obrigatório em locais fechados nas repartições públicas municipal.

Paragrafo Único: Quanto aos profissionais da saúde fica mantido o uso da máscara durante o horário do expediente quando na prestação do serviço, proporcionando maior segurança aos envolvidos no atendimento, independente do ambiente.

Art. 2º. Novas medidas poderão ser adotadas, a qualquer momento, em função do cenário epidemiológico do Município e as medidas adotadas nesse decreto serão reavaliadas.

Parágrafo único – Havendo conflito ou divergências entre normas estaduais e municipais prevalecerá aquela em que haja a imposição de medidas mais restritivas.

Art. 3º. O presente Decreto entra em vigor na data de sua publicação, mantendo-se o Decreto nº 018/2022 de 20 de abril de 2022, naquilo que não divergir deste.

Registre-se,

Publique-se, e

Cumpra-se.

Gabinete do Prefeito Constitucional do Município de Bonito de Santa Fé, Estado da Paraíba, em 25 de novembro de 2022.

 

ANTONIO LUCENA FILHO
Prefeito Constitucional

Informações adicionais

Marcado sob

DECRETO Nº. 018/2022, DE 25 DE ABRIL DE 2022.

DISPÕE SOBRE NOVAS MEDIDASTEMPORÁRIAS E EMERGENCIAIS DEPREVENÇÃO DE CONTÁGIO PELACOVID- 19.

Art. 1º. Fica determinada, em caráter extraordinário, a partir de 20 de abril de 2022, de acordo com o Plano Novo Normal estabelecido pelo Decreto Estadual 40.304/2020, medidas restritivas de prevenção ao contágio pelo Coronavírus.

Informações adicionais

Marcado sob

A Prefeitura Municipal de Bonito de Santa Fé - PB, implantou hoje a LEI 01/2021 que CRIA A GRATIFICAÇÃO TEMPORÁRIA DE EMERGENCIA EM SAÚDE PUBLICA DE BONITO DE SANTA FÉ - GTESP-BSF, PARA OS PROFISSIONAIS DA​ ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL, INTEGRANTES DA ÁREA DA SAÚDE QUE EXERCEM SUAS ATIVIDADES NO ATENDIMENTO DA SITUAÇÃO DA PANDEMIA CORONAVÍRUS – COVID-19.

Marcado sob
Terça, 02 Fevereiro 2021 18:15

Acompanhamneto da Vacinação contra o COVID-19

A Prefeitura Municipal de Bonito de Santa Fé - PB, divulga de forma transparente, todo o processo de vacinação contra a Covid – 19, através da página especial criada, denominada de

Portal da Transparência - COVID-19.

No Portal é possível gerenciar os locais de vacinação e as pessoas vacinadas, entre outras informações exigidas na Lei 12.527/2011, na Medida Provisória 1.026/2021, na Portaria GM/MS 69/2021 e no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra o coronavírus.


Marcado sob

brasao2ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE BONITO DE SANTA FÉ
CNPJ 08.924.037/0001-18

Secretaria Municipal de Saúde


Plano Municipal de Operacionalização para Vacinação contra a Covid-19 em Bonito de Santa Fé – PB.

  1. INTRODUÇÃO

O plano foi elaborado em consonância com as orientações atualmente disponíveis pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde e que, definições contidas no plano são dinâmicas, condicionadas às características e disponibilidade das vacinas aprovadas para uso emergencial e que serão enviadas ao município.

  1. OBJETIVOS
  • Vacinar a população integrante dos grupos prioritários, de maior risco de complicações e óbitos pela Covid-19;
  • Reduzir a morbimortalidade por Covid-19 no município;
  • Reforçar, em parceria com o 9º Núcleo Regional de Saúde da Paraíba, a estrutura necessária para a logística de transporte, armazenamento e distribuição dos imunizantes e aplicação dos mesmos.
  1. GRUPOS PRIORITÁRIOS

O município de Bonito de Santa Fé- PB seguirá a definição de grupos prioritários da Secretaria Estadual de Saúde que será baseada em critérios epidemiológicos, características da vacina e identificação da população com maior risco de contrair a doença e de apresentar complicações e óbito.

O município deverá adotar a proposta do Plano Nacional de Vacinação contra Covid-19, e Plano Estadual de Operacionalização da vacinação contra a covid-19 que preconiza a operacionalização da vacinação em quatro fases, obedecendo a critérios logísticos de recebimento e distribuição das doses. 

1ª Fase:

  • Trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente contra o COVID-19, idosos a partir de 75 anos de idade;
  • Pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (asilos, instituições psiquiátricas) e população indígena.

2ª Fase:

  • Pessoas entre 60 e 74 anos.

3ª Fase:

  • Pessoas com (co)morbidades que apresentam maior chance para Agravamento da doença (portadores de doenças renais crônicas, cardiovasculares, entre outras).

4ª Fase:

  • Professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.
  1. METAS
  • Coordenar e executar as ações de vacinação integrantes do Programa Nacional de Imunização, incluindo as diversas estratégias de vacinação, notificação, investigação de eventos adversos pós-vacinação e de óbitos temporalmente associados à vacina;
  • Realizar a gerência do estoque municipal de vacinas e outros insumos, incluindo o armazenamento e o transporte para seus locais de uso, de acordo com as normas vigentes;
  • Garantir o descarte e a destinação final de frascos, seringas e agulhas utilizadas, conforme as normas técnicas vigentes;
  • Manter a qualidade e a segurança das vacinas em condições adequadas de conservação e temperatura desde o transporte, armazenamento e estratégias (salas de vacinas e atividades extra-muro), atentando para o correto monitoramento da temperatura e identificando os possíveis desvios de qualidade dos imunobiológicos;
  • Realizar a gestão do sistema de informação do PNI, incluindo a coleta, processamento, consolidação e avaliação dos dados das salas de vacina, obedecendo ao fluxo de envio à base nacional, de acordos com os prazos definidos;
  • Notificar, investigar e encerrar todos os eventos adversos pós-vacinação (EAPV) relacionados à vacinação contra COVID-19.
  1. RECOMENDAÇÕES

Seguir o informe técnico da campanha Nacional de Vacinação contra o COVID-19.

Referência:

Governo da Paraíba. Secretaria de Estado da Saúde. Gerencia executiva de Vigilância em Saúde – Gerencia Operacional de Resposta Rápida – Plano Estadual de Operacionalização da vacina Contra a COVID -19/ Secretaria de Estado da Saúde, 

Bonito de Santa Fé – PB, 18 de janeiro de 2021.

Marcado sob