História

RIMITIVAMENTE habitada por índios cariris, as terras onde está situado o município pertenciam, no século XVIII, a Arruda Câmara, que as vendeu a Manoel José e Francisco Soares. Iniciou-se a colonização e desenvolveu a agricultura.
 
No final do século XIX, surgiam com freqüência bandos de cangaceiros no lugar, sendo na época combatidos, especialmente, pela família Timóteo de Souza. Com o afastamento dos grupos, os moradores construíram uma capela, em homenagem a Santo Antônio, em torno da qual cresceu o povoado, denominado de Santa Fé, mais tarde alterado para Bonito de Santa Fé.
 
Em 1889, foi realizada a primeira feira livre, que passou a contar com a participação de moradores da região
 
Gentílico: bonitense
 
Formação Administrativa  
 
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no município de São José de Piranhas, o distrito de Bonito de Santa Fé.
 
Pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938, o município de Bonito de Santa Fé passou a denominar-se simplesmente Bonito, e o município de São José de Piranhas passou a denominar-se Jatobá.
 
Elevado à categoria de município com a denominação de Bonito, pela lei estadual nº 1164, de 15-11-1938, desmembrado de Jatobá. Sede no atual distrito de Bonito ex-Bonito de Santa Fé. Constituído de 2 distritos: Bonito e Monte Herebe, criado pela mesma lei que criou o município. Instalado em 01-01-1939.
 
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Bonito e Monte Herebe.
 
Pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, o município de Bonito, passou a denominar-se Bonito de Santa Fé.
 
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município já denominado Bonito Santa Fé é constituído de 2 distritos: Bonito de Santa Fé e Monte Herebe.
 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960. 
 
Pela lei estadual nº 2608, de 05-12-1961, desmembra do município de Bonito de Santa Fé, o distrito de Monte Herebe. Elevado à categoria de município. 
 
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2003.
 
Pela lei nº , de , é criado o distrito de Viana e anexado ao município de Bonito de Santa Fé.
 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007 
 
Alteração toponímica distrital
 
Bonito de Santa Fé para Bonito alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938. 
 
Alteração toponímica municipal 
Bonito para Bonito de Santa Fé alterado, pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943.  
 
 
fonte: Biblioteca IBGE